h1

Despejo de alma…

20 agosto, 2004

Rancor, ódio e dor,
Palavras, simples palavras repletas,
Recheadas, inundadas de todo o vazio,
Vazio da alma refletida em estrofe.
Nem todo o vazio do mundo é tão ruim quanto a decepção.
Este sim é a falta do que foi, construído por nós mesmos sobre as coisas.
E principalmente sobre as pessoas.
Mas é errado… Esperar? Que o mesmo respeito que já foi recebido uma,
Duas ou infinitas vezes se repita mais uma vez?
Que o carinho seja como o de outrora?
Que sorriso seja alegre e despeje vida como era?
Tudo bem que existem dias e dias, e ainda dias escuros onde a alma cala!
Mas eu estou falando de dias iluminados onde tudo conspira para o bem!
E, quando você percebe…
Por água abaixo….
Foi…
Derreteu-se como um barquinho de papel!
E a sua expressão é a mesma de quando isso aconteceu quando criança.
Que você pensava e queria que aquele barquinho… Fosse eterno.
Será que se tivessem dito que ele derreteria o sentimento seria o mesmo?
Ou isso é só mais uma maneira de continuar um controle que todos tentam continuar.
Fazendo você acreditar que tudo tem fim!
E que você têm que aprender a viver com isso.
Alma machucada, entristecida como a criança,
A eterna criança que continua dentro.
Tentando ainda entender as decepções.
Criança que nunca foi boba, não quer abraço ou mãozinha na cabeça.
Adulto, criança, decepção, todos só querem…
Querem o mesmo respeito perdido de tempos atrás.
Querem entender! Simplesmente entender!

Comentários:
——————————————————-
[Andre] [andre.calvin@uol.com.br]
Gostei muito deste, me faz pensar em duas vidas… uma quando ainda era criança e outra agora… E o desafio, acabei tentando pensar se eu me tornei a pessoa que eu queria ser quando pensava… o que vou ser quando crescer!

25/08/2004 22:38

[Trotta] [http://homepage.mac.com/trotta/]
Ah, corrigiu o português no título do blog, né? Pensa que eu não vi? Hehehehe! 😀 Quem teve a luz? ^_^ Abração!

24/08/2004 11:20

[Kelly]
Chequei aqui pelo blog da Patty, tu escreves com muita sensibilidade, gostei.

23/08/2004 13:32

[Trotta] [http://homepage.mac.com/trotta/]
Porra, AMEI esse texto, cara!

23/08/2004 11:14

[Patty]
Acho que se todos nós soubessemos antes o que sabemos agora, nem tocariamos no barquinho, o ser humano tem medo da dor, mas embora clichê, fica ai a pergunta: como saber o que eh alegria, se a dor não aparecer?

20/08/2004 16:21

[Má] [marilia_rodrigo@uol.com.br] [http://ro_ma.vila.bol.com.br]
Gostei, Rô… crítico e questionador… inteligente… Parabéns!

20/08/2004 13:00

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: