h1

DE VOCÊ!

14 dezembro, 2004

Infelizmente “eu” não leio bem textos, mas sim olhares!

Nem mesmo tenho memória para lembrar palavra, mas sim de sensações.

E mais infelizmente ainda eu ainda não sei transpô-los para o papel!

Colocar a singularidade da minha verdade.

Transpondo a relatividade das correlações.

E te fazendo enxergar!

Tento singelamente e repetidamente me melhorar!

Mas ainda não consigo te tocar…

Não como queria!

Não como preciso!

Choro palavras que tentam te mostrar o que sei que não vai ler!

Por que não agüenta ver…

Não se sente responsável e por este mesmo motivo se esconde atrás de sua soberba!

Meus textos são assim…

Passam de outono a inverno.

Então na primavera já caindo nas ondas do verão.

E nestas areis não vejo seus pés!

Pois comentários vazios de resposta você me dá.

E falta de alento é o que me bate nessas horas…

Comentários:
—————————————————-
[Ma]
Seus textos passam mais sentimento do que imagina… talvez não com todo o peso que você gostaria, mas passam sentimento, e muito! Sentimentos que tocam, sentimentos que despertam sentimentos… Os pés na areia ainda são inexperientes, como os passos de um bebê que engatinha, curioso, e que, ao mesmo tempo, sente erroneamente que deve se defender dos perigos do mundo, ao invés de enxergar que nem todas as flores são do mal, que há flres lindas ao seu redor.

15/12/2004 21:27

[Trotta]
Putaquipariu! Matou a pau esse texto. Foi o que mais gostei, até agora, que eu me lembre. 🙂

14/12/2004 12:02

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: