h1

poema

27 dezembro, 2004

Um rosto na multidão!
Uma vontade sem razão…
Um alguém sem identidade.
Uma maldade da verdade.

Peça movida da ilusão.
Versão nova da visão.
Mudança da alma ou da razão.
Fim, Esperança, alva ou não…

Realidade não real.
Dor da ferida, mortal…
Viagem na mente ou realidade.
Ida ou vinda da viagem…

Comentários:
—————————————-
[Trotta]
Lôca essa imagem também, hein! O Umbral deve ser assim.

27/12/2004 12:48

[Ma]
Gostei do texto, Rô… triste, mas bem escrito…

27/12/2004 11:36

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: