h1

Poesia

27 dezembro, 2004

Transforme o amargo em doce.
Também no veneno se encontra o antídoto.
Desfaz o feito e re-molda a ação.
Pensamento, senso, direção.

Também eu quero crer.
Eu também, chegar a ver.

Lanço agora à mão dos deuses o desafio.
Re-erguer a nação.
Refazer o reino desfeito.
Mal “Finito”, abertura do livro da Paz.

Olhos e esperanças no horizonte.
Minha própria cabeça rolar!

Comentários:
———————————————–
[Patty]
Estive aqui.Beijos.

27/12/2004 16:07

[Trotta]
Ih, quando eu pensei que tava entendendo, no último verso danou-se tudo! 😛

27/12/2004 12:47

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: