h1

Passado

27 fevereiro, 2007

O passado é o que foi.
É? Mas como isso é possível? Se ele já foi… O certo seria dizer que o passado era o que foi.
O passado passa novamente às vezes nos olhos.
Olhos, mente, sentidos, razão e falta disso.
Passa no formato na memória…
Como uma tela de televisão ela se liga do nada e mostra…
Às vezes quando as memórias estão cravadas num passado muito longínquo, elas são como filmes mudos, onde não há vozes, algumas vezes pela simples falha da memória. Outras por que o que importou mesmo na cena não foram às palavras e sim as ações.
Já nas memórias mais recentes o filme ganha cor, mas mesmo aqui o som ou mesmo vozes podem ser secundários.
Memória é passado? Ou foi passado?
O que é que lhe fala quando ela chega? E quando ela se vai?
Quando a memória acaba o passado deixa de existir?
Passa do ponto que consegue si lembrar!
Pensando que a memória nunca é, mas sempre foi, pode-se dizer com certeza que aquilo que é não existe! Mas passado que seja um só único segundo, ele passa a ser… Só então ele está no passado, na memória.
O que é guardado na sua memória? Imagens? Sons? Ou seriam sentimentos em cima disso tudo?
Os sentimentos não são definitivos como as imagens ou sons!
Uma imagem, foto, ou afim é um momento parado no espaço/tempo.
Ela simplesmente é, mas o sentimento muda, é por definição momentâneo.
E o mais incrível é que o sentimento segue uma lógica quântica. Onde não existe só o ligado e o desligado para uma coisa.

Anúncios

5 comentários

  1. Acho que, na memória, são guardados acontecimentos que nos marcaram… imagens e/ou sons que nos remetem a algum sentimento forte, seja ele ruim ou bom…

    Remetem… Então vc guardou o sentimento tb! Este é o ponto!

    Também acho que o passado FOI, não é mais nada… exceto quando não nos permitimos deixá-lo em seu lugar de passado…
    Achei complexo seu texto… mas muito bom!

    Não acho que o passado foi sem poder voltar! Se não… Não influência o presente!!

    Beijos!


  2. Eu sempre achei que as coisas são cíclicas. Acontecimentos se repetem da mesma forma, com personagens e épocas diferentes. É estranho! Não pode ser coincidência.

    Eu não sei! Mas isso é sobre destino ou sobre memória?

    Bodas, como um de seus revisores oficiais, recomendo que vc releia o trecho abaixo e reveja o português e a pontuação, porque ficou confuso o que vc quis dizer, hehehe!

    Mas passado que seja um só um único segundo ele passa a ser, só então ele está no passado, na memória.

    Vou dar uma olhada!

    Alterei o menos que pude! Mas já alterei!

    Abraço!

    😉 😀


  3. Genial! Apesar de complexo e de eu ter lido duas vezes para entender tudo, achei ótimo, principalmente o final.

    Tava com saudes de escrever um texto cabeçudo! Risos!
    Ps: Tb adorei o final! 😉

    Eu acho que o passado só existe na nossa memória e fez parte das nossas vidas. Em algum momento ele era, hoje em dia foi. Mas vira e mexe aparece em nossa memória, seja bom ou ruim, volta em forma de imagem, som, etc.

    Eu fui ao encontro do meu passado no domingo e revivi mtas coisas boas da época que mexeram com o meu sentimento. Era passado, mas o sentimento ficou!

    Muito bom! Adorei!

    Obrigado Fefa! Gostei de vc gostar!


  4. Ps: Para os navegantes Segue está explicação…
    Este post foi ispirado em uma lembrança forte que tive do meu pai no sabado!


  5. Engraçado… foi exatamente isso que pensei quando li o texto. Tem muita melancolia nele… nesse caso, ainda bem que o passado não é mais nada, só passado mesmo.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: