h1

QUALIDADE DO VÍDEO

22 janeiro, 2008

Este Post é complementar ao de Formatos de vídeos. Pois ajuda a entender algumas siglas vista na net quando a intenção é baixar um vídeo!

CAM – Com uma câmera de vídeo digital (DV – Digital Vídeo), os grupos gravam a tela do cinema, normalmente na pré-estréia. Lógico que a qualidade não fica nunca com a qualidade de um DVD. Mas esse meio é para quem quer Novidade / Lançamento antes de todo mundo, as vezes antes mesmo de entrar para o cinema você já poderá ter-lo em seu PC.

DivX Re-Enc – Um DivX re-enc-enc é uma transformação de sua fonte original, por exemplo VCD, e re-codificada para DivX. O objetivo é diminuir o tamanho original do arquivo, para outro bem menor. Encontrado geralmente em partes, como Film.Name.Group(1of2) etc… Lógico, que a qualidade do filme diminui também.

DVD-RIP (DVDRip) – Uma cópia exata do DVD final liberado (aquele encontrado em lojas). Algumas vezes pode ser versão do diretor, o que é raro, mas é o mesmo do DVD comercializado.

DVD-Screener (DVDscr) – A qualidade é idêntica de um DVD comum, porém existe algum tipo de material informativo, em forma de texto passando pela tela, ou aparecendo por um determinado tempo, ou até mesmo deixando o filme em preto e branco. Por isso significa que o DVD não é comercial, o DVD comprado em lojas. Ele é para divulgação, distribuídos antes do lançamento, normalmente para jornalistas e imprensa. Pré-lançamento!

Internal – Um release interno é feito por diversas razões. Os grupos clássicos de DVD fazem muitos releases do tipo INTERNAL. As ripagens do cinema tem uma qualidade mais baixa, então usam o INTERNAL para não baixar a reputação do grupo, ou devido à quantidade de ripagem já existentes. O grupo libera somente os filmes a seus membros. Isto está em a contexto diferente à definião usual.

R5 – Os principais estudios têm liberado dvds de varejo (para venda) antes de serem realmente lançados (somente na Russia). Fazem isso para parar o uso difundido dos telecines (TC) pirateados (que eram uma vez muito comuns). R5 é feito pelos estúdios, eles estão competindo basicamente com os telecines piratas. Assim a diferença principal entre os telecines postos para fora pelos piratas e os R5, é que os R5 são feitos usando o equipamento profissional. A qualidade do R5 é muito similar a dos DVD-Screeners.

Screener (SCR) – Geralmente fitas vhs promocionais que são enviados aos distribuidores, jornalistas e imprensa antes da venda. Porém existe algum tipo de material informativo, em forma de texto passando pela tela, ou aparecendo por um determinado tempo, ou até mesmo deixando o filme em preto e branco. Por isso significa que o VHS não é comercial

TeleCine (TC) – Um TeleCine é máquina que copia filme do rolos de cinema para o sistema digital. O som e a imagem são muito boas, mas esses equipamentos são muito caros e raros.

TeleSync (TS) – O sistema é muito parecido com o CAM, porém o sistema de captação de áudio é externo, já o CAM é onboard (microfone de camera). Isso ajuda e melhorar e muito na qualidade do som. Muito TeleSync é filmado em cinema vazio ou da cabine de projeção com uma câmera profissional, dando uma qualidade melhor do retrato e do som.

TV-RIP (TVRip)/HDTV– Simplesmente a ripagem da TV da rede (capturado usando caixas digitais de cabo/satellite preferivelmente) ou PRE-AIR das alimentações de satélite que emitem direto às emissoras de TV, alguns dias antes da exibição. É capturado com uma placa de video-captura digital ligada num slot PCI do PC, geralmente dando os melhores resultados, o formato quase sempre é em MPEG ou AVI podendo ser convertido em VCD/SVCD/DivX/XviD.

VHS-RIP (VHSRip) – Uma cópia exata do VHS final liberado, principalmente dos videos de skating/sports e de XXX

Watermarks – A maioria dos filmes são dos Asian Silvers/PDVD (pessoas do oriente que disponibilizam os filmes muito facilmente e a um preço pequeno, são geralmente gravados em DVD, mas encontramos também em formato VCD). Eles tem uma letra inicial ou um logo pequeno, geralmente em um dos cantos do filme. Os mais famosos são “Z”, “A” e “Globe”.

WorkPrint (WP) – É uma cópia do filme que não foi terminada. Pode ter cenas incompletas, músicas e a qualidade pode variar. Algum WPs são muito diferentes da cópia final e outros podem conter cenas extras. WPs pode ser agradáveis à coleção. Hoje em dia, muitas ADD (adicionais) de DVD, contém essas cenas que são cortadas do filme final.

Anúncios

5 comentários

  1. Descobri que não conhecia um monte de coisas aqui… legais e úteis as informações!


  2. Eu me achava o espertão nesse assunto, e não tinha a menor idéia do que era Screener, por exemplo…


  3. Não fazia idéia de metade das coisas!
    Ótimas dicas, Bodas!


  4. Que legal esse R5, hein! Os caras estão realmente tomando atitudes mais inteligentes pra concorrer com a pirataria. Pelo menos parece!


  5. Fg obrigado eu ia sakar um pack de videos em qualidade CAM pk um gajo mentiu i disse q essa era a melhor qualidade q ah mas por fossa kausa nao fij porkaria!!!!



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: