Archive for fevereiro \21\UTC 2008

h1

Esse é o nosso verdadeiro “créu”

21 fevereiro, 2008
É créu na Gente!
Pagar tributo no Brasil não é mole não!
O que o governo cobra é uma barbaridade
E os recursos ninguém sabe pra onde vão
Não temos educação…
nem saúde de verdade!
Quem é a honesto não quer a sonegação
Mas tanto imposto mal usado é maldade!
Cada vez que eu pago um dá a impressão
De que estou timando ferro sem a menor piedade!
Acabaram com a CPMF…
mas aí vem o IOF e ó…
Créu…
Créu…
ICMS!Créu…Créu…Créu…
IPTU!Créu, Créu, Créu, Créu, Créu…Janeiro tem IPVA!Créu! Créu! Créu! Créu! Créu! Créu…Vou falar pra vocês que já cai na malha fina!

O Pior!

Imposto de renda!

Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Cré,Créu!

Charges – OHÊ
Brasileiro canta:
“Dança do Créu”

(Esqueça aquela letra infame de Funk:
Esse é o nosso verdadeiro “créu”!
)

Anúncios
h1

PodCasting

19 fevereiro, 2008

Sim sim! ele está de volta!

MotoCast -> http://bodas.podomatic.com/
garfield-on-road.jpg

O som não ficou 100%, eu sei!
O vento é um fator que atrapalha bastante!
E é um fator que eu não tinha me atentado.
Mas no geral eu curti bastante! Espero que vocês também gostem!
Pretendo fazer os próximos mais centrados um pouco!
Com assunto principal definido pelo menos!
Afinal se não tiver vai ser igual a este… Um vai e volta de assuntos até o fim!
Por favor comente e dê sugestões para o próximo MotoCast!

 

h1

De quem é a responsabilidade?

17 fevereiro, 2008

Quem é responsável pelo que acontece?
O que determina os fatos que você vivência?
De quem é realmente a responsabilidade?
Se você toma uma rasteira, se é derrubado, se cai…
Se você consegue passar, vencer alguma coisa…

Na grande maioria dos casos, eu acho que somos nós mesmos.
Eu sou o único culpado de levar uma rasteira por exemplo.
Você pode perguntar, e com razão, o por quê.
E eu responde que é pelo simples fato de eu não ter conseguido ver o que iria acontecer.
As coisas não se materializam na sua frente simplesmente!
Elas são como grãos de neve que vão descendo uma encosta até virar uma bola, que vai passar em cima de você a menos, é claro, que você veja a tempo.
A diferença está ai! Que horas você vê o Grão de neve? E o quão rápido você consegue se mover para evitá-lo!!!
Isso na minha visão serve para quase tudo na vida. Profissão, amor, amigos, dinheiro, trânsito, etc…

Mas às vezes, muito raro mesmo, algumas coisas se materializam na sua frente sem tempo de você reagir nem nada!
É como um caminhão aparecer na sua frente do nada a 120 por hora, não há o que fazer.
Isso eu chamo de “rasteira de DEUS”, é uma maneira de ele tentar fazer você ver coisas que não está conseguindo.
Te forçar a mudar de ângulo, enxergar as coisas de maneira diferente.
Aprender mesmo com a situação.

Meu “sócio momento financeiro” atual acho que é um grão de neve que eu mesmo coloquei pra correr há três anos atrás.
Quando comprei meu carro. Não posso negar alguns fatos, ele é o melhor carro e o mais confortável que eu já tive e já andei.
Mas ter um carro de luxo quer dizer ter dinheiro para gastar nele também! Revisões nesses carros são caras e têm que ser feitas na fábrica.
Pelo simples motivo que eles lá vão trocar coisas que ainda não deram problema, mas se chegarem a dar…
O custo vai ser maior ainda.

Mas o acúmulo disso com todo o resto, as surpresas durante este caminho…
Me parecem mais uma “rasteira de DEUS”, uma maneira de me mostrar que eu tenho que me mover!
Que tenho que parar de jogar para perder… Que eu tenho que ver melhor!
E, principalmente, não me fazer de cego aos avisos de que o grão está crescendo!
Que é melhor me desviar logo e reverter o jogo.
De que tenho que vencer por que minha história ainda não acabou e não pode acabar assim.
Afinal eu ainda estou de pé! Então… Ainda não acabou!

h1

A situação é esta.

16 fevereiro, 2008

pulp-fiction.gif

Normalmente, já estariam mortos feito frango frito. Mas agora estou em fase de transição e não quero matá-los. Quero ajudá-los.
Mas não posso dar esta matela. Não é minha. Além do mais… Entrei em merda demais para pegá-la e entregar prá dois idiotas.
Vincent, Fique Calmo!
Yolanda, ainda estamos conversando. Aponte a arma pra mim! Isso.
Vincent, fique calmo e não faça nada. Diga a ela que estamos bem!
Como estamos baby?
Preciso mijar. Quero ir para casa.
Aguente. Muito bem. Estou orgulhoso de você. Ringo também. Está quase no fim.
Quero que enfie a mão no saco e pegue minha carteira.
Qual é ela?
A que diz “Maldito Filho da Puta”.
Abra.
Pegue o dinheiro.
Conte!
Quanto têm ai?
Uns 1500 dolares.
Guarde em seu bolso.
É seu.
Contando o resto das carteiras e o do caixa estarão levando uma bolada.
Julius, se der 1.500 pra esses babacas eu te mato, questão de princípios.
Não vai fazer merda nenhuma.
Vincent, cale essa boca! Quieto.
Vamos, Yolanda, comigo.
Não estou dando Vincent.
Estou comprando algo com meu dinheiro.
Sabe o que estou comprando Ringo?
Não…
Sua Vida.
Estou te dando este dinheiro para não ter que te matar.
Você lê a Bíblia, Ringo?
Normalmente não.
Há uma passagem que sei de cor.
Ezequiel 25:17.
” O caminho do homem justo está bloqueado de todos os lados pelas iniquidades dos egoístas e a tirania do perversos.
Bendito aquele que em nome da caridade e da boa vontade é o pastor dos humildes pelo vale das sombras. Ele é o guardião de seus irmãos e o salvador dos filhos perdidos.
E eu exercerei sobre eles uma vingança terrível, furiosos castigos, aos que tentaram destruir meus irmãos.
E ficarão sabendo que sou o Senhor quando Eu executar sobre eles a minha vingança. ”
Venho dizendo essa merda há anos.
E se você ouviu, significa que ia morrer.
Jamais pensei no que significava.
Só gostava de dizer isso antes de encher um canalha de balas.
Mas hoje vi algo que me fez pensar duas vezes.
Veja, agora eu estou pensando:
Talvez signifique que você é o perverso e eu sou o justo.
E o Sr,. 9MM, é o pastor que protege a minha pessoa justa das sombras.
Ou talvez signifique que você é o justo eu sou o pastor. E que o mundo é perverso e egoísta.
E EU GOSTO DESSA.
Mas essa merda não é verdade.
A verdade é que você é o fraco…
E eu sou a tirania do perverso. Mas eu estou tentanto, Ringo.
Estou fazendo um grande esforço para ser o pastor.
(Desengatilha e abaixa a arma.)
Silêncio…
Vá.
(Termina de comer o Bacon.)
Silêncio…
Acho que está na hora de irmos embora.
É. Provavelmente é uma boa idéia.

pulpfiction.jpg

O Filme clama-se Pulp Fiction.

E isso dispensa qualquer outra explicação.

pulp_fiction.jpg

h1

Guitar Hero II

14 fevereiro, 2008

guitar_hero_ii.jpg

Foi o Ultimo a conseguir terminar o primeiro…
Na ordem foi Trotta, Má e depois eu….

Mas sai na frente desta vez!
Em uma sentada acabei o II!!!
Sim sim! Nesse eu sou o primeiro a acabar!!!

E tenho dito!

 

h1

Tutorial Torrent

11 fevereiro, 2008

Um sujeito muito inteligente, chamado Bram Cohen, que provavelmente tinha uma enorme coleção de filmes educativos de domínio público, pensou no problema, que na verdade tem duas partes:

  1. Como distribuir uniformemente um arquivo para o maior número de pessoas simultaneamente?
  2. Como evitar filas e sobrecarga de servidor quando da fase inicial, onde somente um, ou poucos computadores possuem o tal arquivo?

A solução proposta foi simples e elegante. Por definição, todo membro de um enxame (o termo que compreende os computadores conectados a um arquivo torrent) é tanto receptor quanto transmissor.

Veja na figura abaixo o modelo tradicional versus o modelo torrent.

Modelo Tradicional X Modelo Torrent
modelos.jpg

No modelo tradicional temos um servidor que controla as transferências, os pacotes e arquivos disponíveis, e tudo mais. Isso gera uma enorme carga no servidor, se ele cair, diga adeus.

No modelo torrent, o servidor ainda existe. É chamado de tracker. Na prática só serve para guardar o arquivo .Torrent com as informações básicas do arquivo compartilhado, como tamanho, nome, endereço do(s) tracker(s)- sim, um torrent pode ser referenciado por mais de um tracker de cada vez – e, principalmente, dados para autenticação. Com isso você evita baixar coisas erradas ou renomeadas de má fé!

Esta foi a parte de como funciona que nem sempre se precisa saber para usar.
Mas não deixa de ser interessante.
Mas para fazer um download com o Bit Torrent você precisa, antes de mais nada, de um arquivo .torrent.
Um arquivo .torrent é o Tracker .
Cada arquivo .torrent contém informações sobre diferentes downloads. Ou seja, se você quer baixar um filme precisará do .torrent daquele filme.

De posse do arquivo .torrent é só dar 2 cliques nele e o Bit Torrent iniciará o download. Não se preocupe com interrupções no processo de download. O Bit Torrent sempre continua o download do ponto onde parou e checa automaticamente a integridade dos arquivo.

Ah sim, mas antes do .trorrent, você precisa lógicamente do BitTorrent em si. O programa por traz de tudo isso que já foi falado.

-> µTorrent – http://www.utorrent.com/download.php

-> BitTorrent – O cliente oficial – http://www.bittorrent.com/download.html

E aqui começa a parte onde eu mesmo me enrosco.
Abaixo segue alguns sites de Trackers, a grande chave de sucesso com o Torrent é achar um .torrent que tenha várias sementes, ou seja, que esteja sendo baixado por várias e várias pessoas, isso faz com que o DownLoad fique rápido e continuo. A grande chave é saber procurar, ajuda por exemplo saber o nome do filme em Inglês e coisas assim.

->mininova
->Torrentspy.com
->The Pirate Bay
->isoHunt
->TorrentReactor
->AnimeSuki

www.youtorrent.com, este é dica do Doni.

Espero realmente ajudar com esse Post diversas pessoas!
Bom divertimento e não se esqueça de compartilhar comigo e com seus amigos as coisas/filmes/mp3 garimpadas no torrent!

Ps: Este tema “Tutorial Torrent” foi sugestão do Trotta então acho que o crédito é dele pela idéia!
Principalmente se for pensar que ele é quem praticamente me ensinou a usar isso.

h1

Acontece

6 fevereiro, 2008

acontece

O que importa é pensar que se ainda estamos de pé…

É que ainda não acabou!