h1

Vendo a realidade

25 abril, 2008

Hoje descobri coisas que estavam no meu nariz, mas não via.

Descobri que não tenho um carro. Na verdade é mais o oposto, ele me tem Está totalmente financiado e falta muito mesmo pra terminar de pagar, isso sem contar os gastos normais e as preocupações normais com ele.

Descobri que também não tenho uma moto, ela também me tem, afinal esta alienada e dando mais preocupação do que alegria propriamente dita! E ainda quero piorar a situação vendendo ela para conseguir dinheiro para saldar o banco.

Também não tenho contas em bancos, mas elas é que me tem, sou um escravo do juros do especial e me sinto em areia movediça, quanto mais me mexo para tentar sair, mais me afundo.

O emprego que tenho me é confortável, mas me estagnou e deixou preguiçoso. Se precisar sair amanhã dele, como pode acontecer não sei se conseguirei.

Não terminei faculdade por pura preguiça e falta de vontade. E infelizmente isso pesa no curriculo.

A maior alegria que é a de comer me deixou grotesco e obeso a um ponto que não sei se tenho força de vontade suficiente para emagrecer. E o pior, me manter magro.

Este não é um post para ser melo dramático ou pedir atenção.
Se sentiu pena… Por favor vá a Puta que te Pariu!
É a simples verdade. Nua e crua como é.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: