h1

Genérico x Farmacêutico

12 maio, 2008

Sou usuário de medicação diária e controlada. Tomo todo dia um remédio chamado Marevan, cujo complexo ativo (nome genérico) é Varfarina Sódica.

Este remédio me mantém anticoagulado. No meu caso, é para prevenção contra outro possível AVC (derrame cerebral), mas ele é usado também para prevenir tromboses e outras doenças.

Traduzindo: é um remédio de uso contínuo e de suma importância na prevenção de doenças graves.

Hoje, uma caixa de 30 comprimidos (quantidade que não dá para um mês inteiro, em muitos casos) chega a custar R$ 30,00, já o genérico custa R$ 5,00, isso na mesma farmácia, pois dependendo da localização e da própria farmácia esses valores podem mudar.

Como um remédio de uso contínuo e importante pode custar tão caro? E o genérico, mesmo com margem de lucro não só do fabricante mas também da farmácia, tão acessível?

Não se pode dizer que são os impostos, pois de fosse o genérico não teria preço acessível.

O que resta é só a certeza de lucro abusivo em cima do produto.

Essa é uma questão que incomoda não só o bolso, mas também a nossa consciência.

Tudo bem que a fabricante original cobre mais caro, pois inventou o remédio, teve um custo de pesquisa e tudo mais, mas isso não justifica o preço abusivo.

Por ser medicamento de uso contínuo, esse lucro poderia ser diluído na quantidade de vendas e não em cima de cada caixa.

Este post faz parte do Blogueiro Repórter.

Gostou do post? Vote nele aqui e leia as demais postagens aqui!

Os votos serão aceitos até o dia 18 de maio!

Participe!

Anúncios

7 comentários

  1. Essa diferença absurda nos preços só prova o que, infelizmente, a gente já está cansado de saber: esse povo de laboratório farmacêutico são uns abutres!


  2. Valeu, meu amigo!
    Teci meu cometário lá onde votei.
    Parabéns pelo post.
    Um abraço!


  3. É um abuso total com os preços dos remédios!!


  4. Varfarina é um bom nome pra minha filha nº 3.
    Varfarina Trotta. Que tal?


  5. Oi Bode! Bom assunto!
    Minha mãe também tomava Marevan por causa da trombose na perna esquerda. Era uma luta pois quando ela teve ainda não tinham força os genéricos. Mas hoje em dia ela já não toma mais e o preço tá isso: Ridículo de baixo e ridículo de abusivo no remédio comum.

    Loucura!


  6. E vc que toma Um e meio ou dois todos os dias, fica mesmo complicado, né? 😉
    Agora, falando sério
    Realmente não é fácil, é uma luta constante em busca de preços mais em conta. Os fabricantes enfiam a faca sem dó nem piedade, é muito abusivo!


  7. Bom, tudo é um absurdo. Sabemos que os preços de remédios são abusivos, que não há força humana no mundo que explique essa diferença astrônomica entre medicamento comum e medicamento genérico… E sabemos que mta gente não tem condições nenhuma de comprar nem um nem o outro.

    Afinal, não vivemos apenas para comprar remédios. Agora me diz, com quem a gente vai reclamar, hein??? Se o proprio governo vez por outra autoriza aumento de remédios [ninguém autoriza baixa de remédios, é incrível, né!]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: