h1

Motorista, você também é?!

2 agosto, 2008

“… A Rodovia D. Pedro I deverá ser a primeira estrada da região de Campinas a cobrar pedágio de motociclistas. A autorização de cobrança consta de uma resolução publicada pela Agência Reguladora dos Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). Na resolução, o órgão libera a cobrança da taxa em todas as cinco rodovias que serão privatizadas até o final deste ano – casos da D. Pedro, Raposo Tavares, Marechal Rondon, Carvalho Pinto e Ayrton Senna.
Os editais dos novos lotes do programa de desestatização de rodovias deverão prever tarifa de pedágio de até R$ 10,79 a cada 100km de estrada com pista dupla e, R$ 7,70 para pistas simples. O valor a ser cobrado das motos deverá ser a metade da taxa aplicada aos veículos de passeio. …”
Esta passagem faz parte de uma matéria disponível em : http://www.cosmo.com.br/cidades/campinas/integra.asp?id=231974

O Estado cada vez cobra mais impostos sobre nós, o mesmo Estado que sem a CPMF teve recorde de arrecadação.
E ainda assim vai privatizar estradas que deveriam continuar a ser gratuitas, todos nós que temos veículos automotivos pagamos impostos específicos que deveriam ser usados exclusivamente para a criação e manutenção de estradas.

Esta matéria impacta não só nos motoristas de carro, pois juntamente com esta privatização vem também a derrubada de um decreto que isentava motos do pedágio.
“… O governo do Estado de São Paulo vai revogar o Decreto 9.812, de 1977, que isenta as motocicletas da cobrança de pedágio, sob alegação de que é necessário compensar o aumento de custos no atendimento a motociclistas acidentados nas rodovias paulistas …” Passagem retirada de: http://br.noticias.yahoo.com/s/26072008/25/manchetes-motos-deverao-passar-pagar-pedagio-2009.html

Esta justificativa usada pelas concessionárias é mentira. Quando há acidentes graves realmente quem é acionado não é a prestadora, mas sim a policia e bombeiros. Nos acidentes leves que realmente são minoria normalmente é acionado um serviço particular.
A moto não prejudica o asfalto nem causa custo real as estradas. E já se paga um valor 3 vezes maior de Seguro Obrigatório do que o valor de carro justamente para custear estes acidentes.
Estamos sendo duplamente taxados agora também nas vias que, por definição, deveriam ser “PÚBLICAS E GRATUITAS”.

Anúncios

5 comentários

  1. Trabalhamos para pagar taxas, né? É o fim!


  2. Obrigada pela doce visitinha.Me senti muito honrada e feliz!!!! Volte outras vezes, para mim é uma grnde alegria!!!!


  3. Bom, pedágios em estradas eu sou até a favor. Mas o pedágio urbano é que é duro de engolir. E também vai incidir sobre vcs, viu!


  4. É o fim! E eu que li uma matéria da candita a prefeita de São Paulo, Soninha, que se diz a favor de pedágio nas vias públicas de São Paulo a fim de “forçar” o uso do tranporte público. Imagina a confusão?


  5. Amigo,
    Têm post novo lá no Compartilhando as Letras.Apareça por lá, sua visita muito me alegra!!!!



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: